Nossa história.

CEADDIF, 45 anos (1977-2022)

Tivemos ao longo da nossa história presidentes dos mais expoentes: Elizeu Menezes de Oliveira, Venâncio Rodrigues dos Santos (in memoriam), Elienai Cabral, Sóstenes Apolos da Silva (in memória) e Levi Rodrigues (in memoriam).
Não obstante a grande falta que fazem, é imperioso destacar que a comunidade assembleiana de Brasília tenha aprendido a trabalhar sem a presença destes que foram nossos maiores líderes. Nos últimos anos, o Pastor Geovani Neres atua tenazmente para que a CEADDIF chegue com êxito às conquistas de então. Uma Convenção que estabelece caminho e metas de evangelismo, e que se propõe a ajudar pequenas Igrejas a crescerem. Nessa visão, a Mesa Diretora tem dado funcionalidade à Secretaria de Missões, concedendo liberdade de organizar contribuições direcionadas à obra missionária.
Outras ações estratégicas bem traçadas, focadas no crescimento contínuo e, no que “ … pareça bem ao Espírito Santo, e a nós”, Imperativo da Palavra, desde as pequenas ações, a ambiciosas iniciativas, já renderam bons Frutos, o que nos faz ser uma Convenção a frente do seu tempo.
A CEADDIF conta com membros em vários pontos do Brasil. Essa diversidade regional é celebrada na comunhão desses nobres, que se somam a tantos mais do Centro Oeste, obreiros e obreiras notáveis que fazem “ em unidade” nossa história acontecer.
Os pioneiros que, em sua época, abraçaram e venceram o desafio de, além dar a nossa “querida CEADDIF“, uma localização privilegiada no coração do Brasil, plantaram uma semente de uma Convenção de Ministros (as) de corações sempre aquecidos.